Homero Costa Advogados

+55 (31) 3282-4363
advocacia@homerocosta.adv.br

Notícias



Raízen e Wilmar têm aval para exportação de açúcar VHP

Sexta-feira 18 de Março de 2016.

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições acordo envolvendo a Raízen Energia e a multinacional do agronegócio Wilmar para a formação de uma joint venture na exportação de açúcar VHP.

A joint venture será responsável por todas as atividades para originação do açúcar no Brasil e sua oferta ao mercado internacional, sendo encarregada da comercialização de toda produção da Raízen destinada à exportação, de acordo com documento do Cade publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira (17).

Para o Cade o volume movimentado pela Raízen e pela Wilmar em relação ao total do Centro-Sul e do Porto de Santos "não permite concluir pela possibilidade de exercício de poder de mercado".

A joint venture entre a Raízen e a Wilmar pode rivalizar com outra parceria do gênero, a Alvean, formada pela gigante do agronegócio Cargill e a Copersucar, que é associada a dezenas de empresas.

O acordo, porém, foi questionado. Segundo informação que consta no processo no Cade, a tradingSucden citou que 65% do produto de alta qualidade é produzido e comercializado pela Alvean e sócios, "o que limitaria fortemente o acesso a esse mercado", diante do nova empresa.

A Sucden disse ainda que a Raízen possui 15% desse mercado e a Wilmar originou cerca de%. No entanto, conforme o Cade, "a manifestação da Sucden foi isolada". "Não há quaisquer outros indícios acerca da necessidade de segmentar o mercado de açúcar VHP [comum] e de açúcar VVHP [de alta qualidade]."

Segundo as empresas Raízen e Wilmar, os produtos envolvidos apresentariam elevado grau de "substitutibilidade pelo lado da demanda".

A Raízen e a Wilmar informaram que joint venture visa "estudos conjuntos para identificação de oportunidades no desenvolvimento de negócios no segmento de logística, a fim de otimizar o desenvolvimento das atividades". A joint venture será composta por duas sociedades, uma na Suíça e outra no Brasil, com cada companhia tendo 50% das ações.

Procurada, a Raízen não se manifestou imediatamente sobre o assunto. A companhia é a maior produtora individual de açúcar do Brasil - o maior produtor e exportador global da commodity. A empresa, uma joint venture entre a brasileira Cosan e a anglo-holandesa Shell, também é a principal produtora de etanol. Além da sua importância na produção, a Raízen também comercializa combustíveis. /Reuters

__________

Fonte: Diário Comércio Indústria & Serviços

Nossa Missão:

Apoiar os  nossos Clientes na realização de seus negócios, evitando-se litígios, prestando serviços jurídicos compromissados com a ética, responsabilidade e excelência.

Rua Manoel Couto, 105 Cidade Jardim CEP 30380-080 Belo Horizonte MG / Tel.: 31 3282-4363 Cel.: 31 9613-2297 e 31 9834-6892 Fax: 31 3281-2015
SITE DESENVOLVIDO POR ACT COMUNICAÇÃO EM PARCERIA COM READYPORTAL