Homero Costa Advogados

+55 (31) 3282-4363
advocacia@homerocosta.adv.br

Notícias



Plataforma Jurídico Certo oferece agilidade

Segunda-feira 21 de Novembro de 2016.

O serviço faz uma ponte entre empresas que precisam de rapidez e disponibilidade de advogados para representá-las em pequenas ações e jovens em busca de experiência profissional no Direito

São Paulo - O modelo não é novo: uma pessoa busca um prestador de serviço por meio de uma plataforma eletrônica, encontra o profissional e efetua o pagamento pelo próprio aplicativo. O Jurídico Certo traz isso para a realidade da advocacia.

O co-fundador da plataforma, Rafael Heringer, diz que o objetivo é reduzir os custos e o trabalho de empresas e escritórios de advocacia na chamada Correspondência Jurídica, que é quando uma banca contrata um advogado independente para fazer pequenos serviços como a representação em audiência.

Ele dá como exemplo uma varejista com sede na Região Sul que sofre ação de um consumidor no Nordeste: o consumidor pode entrar com um processo no juízo especial cível sem advogado, mas a empresa vai precisar de um advogado para se defender. Segundo Heringer, o procedimento seria a companhia deslocar um advogado para representá-la em audiência. "Normalmente, as primeiras audiências são de conciliação e duram de 5 a 10 minutos. Imagina deslocar um advogado de Porto Alegre [RS] para ir para Fortaleza [CE] para isso?", questiona o empresário.

Assim, a ideia do Jurídico Certo é permitir que advogados se cadastrem mediante o pagamento de uma mensalidade de R$ 34,90, disponibilizando um perfil para as empresas que precisem de defesa nesse tipo de ação. O contratante interessado acessa o perfil do advogado e pode entrar em contato com ele mediante o aplicativo. "O correspondente tem contato com essas empresas e pode ganhar experiência e uma renda extra e a empresa tem acesso automático a uma gama de profissionais", destaca Heringer.

Para a empresa que contratar os advogados cadastrados na plataforma, a única despesa é o pagamento do serviço, que depende da complexidade da demanda e do profissional, mas que Heringer garante ficar em média entre R$ 100 e R$ 200. Desse montante, até 15% ficam com a plataforma, que cobra esse valor pela garantia de que ninguém vai sair lesado do negócio. O co-fundador da startup explica que se o advogado não prestar o serviço e fugir com o dinheiro do contratante, o próprio Jurídico Certo reembolsa a empresa.

De acordo com ele, além das audiências, outro serviço que é muito requisitado na plataforma é o de cópias processuais. Como antes de 2000 os processos não eram digitalizados, se uma ação dessa época tem alguma movimentação, a empresa precisa mandar um advogado para a vara ou o tribunal em que isso ocorreu para fazer a cópia digital do processo físico e enviar para os empresários. Como é uma tarefa mais simples, Heringer conta que quem quiser executá-la não precisar ter carteira da OAB, podendo ser um bacharel ou estudante de Direito.

"Já processamos mais de 400 mil solicitações, tanto de audiências quanto de cópias processuais", orgulha-se.

Heringer e seu sócio, Diego Ramos, que também é Chief Technology Officer (CTO), do Jurídico Certo, estavam há mais de uma década trabalhando em empresas de tecnologia quando decidiram empreender. "Começamos a pesquisar mercados e nos deparamos com a área jurídica porque a mulher do Diego estava se formando em Direito", afirma Heringer.

Inicialmente, ainda trabalhando em outra companhia, eles criaram o site Jurídico Vagas, no qual advogados se cadastram para buscar oportunidades de emprego em escritórios e nas áreas jurídicas de empresas. A iniciativa surgiu em 2012 e acabou levando à criação do Jurídico Certo.

Heringer lembra que estava conversando com um dos advogados inscritos na plataforma, quando ele perguntou se a dupla sabia o que é Correspondência Jurídica. Uma vez descoberto esse conceito, os olhos dos sócios brilharam ante a oportunidade que surgia. "Temos quase 1 milhão de advogados no Brasil e 100 milhões de processos em trâmite, então tínhamos um potencial de mercado enorme", ressalta.

A partir daí, foi só planejar uma maneira de tornar esse mercado mais eficiente até em que em junho de 2013, um ano depois do do Jurídico Vagas, eles criaram o Jurídico Certo. "No terceiro mês já pagávamos as contas", afirma o sócio.

Ricardo Bomfim

__________

Fonte: Diário Comércio Indústria & Serviços

Nossa Missão:

Apoiar os  nossos Clientes na realização de seus negócios, evitando-se litígios, prestando serviços jurídicos compromissados com a ética, responsabilidade e excelência.

Rua Manoel Couto, 105 Cidade Jardim CEP 30380-080 Belo Horizonte MG / Tel.: 31 3282-4363 Cel.: 31 9613-2297 e 31 9834-6892 Fax: 31 3281-2015
SITE DESENVOLVIDO POR ACT COMUNICAÇÃO EM PARCERIA COM READYPORTAL